Expointer

Pai e filho dividem paixão pelo bem-estar animal na Expointer

Eduardo e Dudu, além do nome em comum, partilham do amor pelos animais.

31/08/2019 20h00Atualizado há 3 meses
Por: Redação Sou de Canoas
Fonte: Correio do Povo
94
Eduardo de Assis e o seu filho, Dudu Assis, ao lado dos animais da Fazenda Santa Terezinha na Expointer | Foto: Alina Souza
Eduardo de Assis e o seu filho, Dudu Assis, ao lado dos animais da Fazenda Santa Terezinha na Expointer | Foto: Alina Souza

Eduardo de Assis traz o filho, Dudu Assis, para a Expointer desde o seu nascimento. Dudu, hoje com 19 anos, compartilha com o pai mais do que o nome. Por meio da influência da vida na fazenda, o menino passou a se interessar por veterinária e recebeu uma bolsa para estudar bem-estar animal no Canadá. Ao retornar ao Brasil, passou a aplicar conhecimentos na fazenda da família. Além disso, descobriu que seu pai já utilizava, na relação com os animais, muito da teoria que ouviu na Universidade de Guelth.

A Fazenda Santa Terezinha, propriedade da família, começou a participar da Expointer antes de 1970, quando a feira ainda nem tinha esse nome. Foi assim que Eduardo Borges de Assis, o pai, começou a se envolver no tratamento e preparação de animais da fazenda para trazê-los de Jaquirana, na Serra Gaúcha, para o Parque de Exposições Assis Brasil em Esteio.

Com o nascimento do filho, Eduardo passou a envolvê-lo no dia a dia da fazenda, mas ele diz: “nunca insisti. Eu só procurei mostrar pra ele o que eu gosto de fazer. É muito bacana quando a gente percebe que as pessoas que nós mais amamos, amam o mesmo que nós”. Assim, a relação do filho com os animais e a busca do seu bem-estar aconteceu de maneira natural. “Com o tempo, isso foi entrando no meu próprio ser”, afirma Dudu.

O bem-estar animal é um assunto que está em alta na agropecuária mundial. A partir do entendimento dos animais como seres sensíveis, desenvolveram-se três pilares principais para prover dignidade aos animais: físico, mental e comportamental. No primeiro, se estabelece a importância de prover um espaço agradável para o animal desenvolver-se com saúde. No mental se busca técnicas que diminuam o estresse do animal - onde a boa relação com seu criador é fundamental. No comportamental, entende-se que os animais são seres instintivos e devem ter liberdade para agir da forma mais natural possível.

Dudu afirma que fazendas familiares estão mais próximas destes objetivos. Na Fazenda Santa Terezinha, por exemplo, já se tinha a preocupação de prover espaços livres para os animais e deixá-los desenvolver seus instintos para tomar água, por exemplo. Pai e filho afirmam que a questão da água, por exemplo, pode parecer simples - mas não é.

É muito importante que o animal tenha liberdade de buscar seu instinto quando necessário. Permitindo que os animais se comportem de acordo com as suas vontades se reduz muito o estresse do animal. Nesta edição da Expointer, Eduardo cedeu para Dudu a organização do julgamento da raça de Simental e Simbrasil - o gado que eles criam. Pela primeira vez, em 30 anos, Eduardo não veio para o julgamento e passou, com orgulho, a responsabilidade para o seu filho. Eles foram grandes campeões, macho e fêmea, da raça Simbrasil.

Quer fazer parte do grupo do portal Sou de Canoas no WhatsApp? Chame no WhatsApp: (51) 8419-1295

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de Canoas e toda a região Metropolitana.

Sou de Canoas no Facebook: https://www.facebook.com/soudecanoas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
EsteioEsteio - RS Esteio é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Conquistou em 2010 o 2º melhor Índice de Desenvolvimento Socioeconômico do Rio Grande do Sul.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas