Grêmio

Everton brilha, Grêmio vira sobre o Palmeiras e vai às semifinais da Libertadores

Tricolor saiu atrás no marcador, mas venceu por 2 a 1 e garantiu vaga na fase aguda da competição pela 10ª vez na história.

28/08/2019 08h57
Por: Redação Sou de Canoas
165
Everton marcou o primeiro do Grêmio Foto: Divulgação / Grêmio FBPA
Everton marcou o primeiro do Grêmio Foto: Divulgação / Grêmio FBPA

O Grêmio foi gigante no Pacaembu para conquistar uma das grandes classificações da era Renato. Em desvantagem graças ao primeiro jogo, saiu atrás no marcador também em São Paulo. Mas conquistou a virada sobre o Palmeiras e venceu por 2 a 1 para chegar à 10ª semifinal de Libertadores de sua história.

Os gols saíram na primeira etapa. Luiz Adriano abriu o placar, mas logo o Grêmio construiu a virada. Em quatro minutos, Everton e Alisson marcaram para garantir a classificação do Tricolor.

O resultado colocou o Grêmio nas semifinais e, agora, o Tricolor espera o vencedor do confronto entre Inter e Flamengo para conhecer seu adversário na próxima fase da Libertadores. O próximo compromisso do Grêmio pelo Brasileirão é no sábado, 31, às 11h, contra o São Paulo, no Morumbi, em jogo válido pela 17ª rodada.

Grêmio sai atrás, mas reage rápido e vira
A principal dúvida do técnico Renato Portaluppi era na lateral esquerda. Mas Bruno Cortez, que havia sentido justamente no jogo de ida, apresentou condições de jogo e começou como titular. No ataque, mais uma vez a opção foi por André. Já o Palmeiras de Felipão iniciou com Thiago Santos como titular no lugar de Felipe Melo, expulso no primeiro jogo.

Jogando em casa e com a vantagem, o Palmeiras explorou seus pontos fortes: as jogadas de velocidade e os contra-ataques. Pela direita com Marcos Rocha e Dudu, a equipe alviverde chegou levando perigo à defesa do Grêmio em duas oportunidades antes dos primeiros dez minutos de jogo.

E foi justamente pelo lado direito, nas costas de Cortez, que o Palmeiras começou a construir sua vantagem. Após jogada pelo setor, o alviverde conseguiu escanteio. Em cobrança de Dudu, Gustavo Gómez cabeceou e Paulo Victor afastou mal, nos pés de Luiz Adriano. Aos 13 minutos, o centroavante abriu o placar.

Aos 17 minutos, a reação do Grêmio começou. Em cobrança de falta de Jean Pyerre, quase na linha de fundo, pelo lado esquerdo, a bola chegou para Everton que, de primeira, encobriu o goleiro Weverton para empatar o jogo.

Quatro minutos depois o Grêmio chegava à virada com Alisson. Everton fez grande jogada e limpou quatro defensores do Palmeiras. Em dividida com o goleiro, a a bola sobrou para Alisson, que empurrou para as redes.

O Palmeiras sentiu a virada e demorou para conseguir se reorganizar. Só voltou a levar perigo no fim do primeiro tempo. Em duas oportunidades, quase igualou o marcador. As duas chances foram de Willian. Na mais perigosa, aos 41 minutos, após cruzamento na área, ela sobrou para o atacante palmeirense que, de primeira e de canhota, finalizou no pé da trave.

Palmeiras não consegue pressionar e Grêmio fica com a vaga
Na segunda etapa, precisando de pelo menos um gol para avançar, Felipão promoveu uma troca já no intervalo. Deyverson veio a campo no lugar de Willian, o que ocasionou a troca de posicionamento de Luiz Adriano para o lado esquerdo de campo.

Com a necessidade de empatar o jogo, o Palmeiras passou a ficar mais com a bola na etapa final. Apesar de ter mais a posse, o alviverde não conseguia infiltrar na defesa do Grêmio. Os problemas defensivos que apareceram no início da etapa inicial diminuíram, e o Tricolor passou a se postar bem atrás, com boa atuação de Geromel.

A resposta do Grêmio veio também com uma troca. Para tentar explorar os espaços dados pelo Palmeiras, Renato lançou Pepê no lugar do centroavante André, que pouco participou do jogo.

O Palmeiras ainda insistiu. Felipão promoveu mais trocas, mas nada criou além de jogadas raras pelos lados. O Grêmio, por sua vez, teve contra-ataques e chegou mais perto de ampliar do que sofrer o empate. Assim, o Grêmio administrou a vantagem e levou a classificação para a semifinal da Libertadores.

Libertadores – Quartas de final
Palmeiras 1

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique (Raphael Veiga) e Gustavo Scarpa (Zé Rafael); Willian (Deyverson), Dudu e Luiz Adriano. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Grêmio 2

Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Rômulo), Alisson (Diego Tardelli), Everton e Jean Pyerre; André (Pepê). Técnico: Renato Portaluppi

Gols: Luiz Adriano (13/1T); Everton (17/1T) e Alisson (21/2T)

Cartões amarelos: Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre (Grêmio)

Árbitro: Nestor Pitana

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Público: 36.081

Renda: R$ 1.847.047,50

Quer fazer parte do grupo do portal Sou de Canoas no WhatsApp? Chame no WhatsApp: (51) 8419-1295

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de Canoas e toda a região Metropolitana.

Sou de Canoas no Facebook: https://www.facebook.com/soudecanoas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.