Inclusão social

Semana da Pessoa com Deficiência propõe inclusão social por meio da arte

A programação, que segue até 29 de agosto, acontece em diferentes bairros do município

23/08/2019 09h05
Por: Redação Sou de Canoas
Fonte: Assessoria de Comunicação Prefeitura de Canoas/RS
167
Foto: Derli Colomo Jr
Foto: Derli Colomo Jr

Reduzir as barreiras do dia a dia e participar ativamente da sociedade são buscas constantes na vida das pessoas com deficiência, mas há mais de duas décadas o debate ganha força na Semana da Pessoa com Deficiência de Canoas, que deu início à sua 22ª edição nessa quarta-feira (21) e segue até a próxima quinta (29). “Cada evento como esse é um tijolinho a mais na construção de um mundo inclusivo e simboliza, durante essa semana, o que é feito diariamente com muito trabalho pela Diretoria da Pessoa com Deficiência durante o ano inteiro”, reflete o secretário de Direitos Humanos e Participação Social, Roberto Tietz.

A abertura, realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Guajuviras, marca uma nova etapa nas lutas das pessoas com deficiência em Canoas: a inclusão por meio da arte e para além do centro da cidade. “Para criar uma cultura inclusiva é preciso ir para dentro das comunidades, das escolas, que é onde as batalhas diárias da pessoa com deficiência acontecem. Pensando nisso, decidimos levar esses dias de reflexões para os bairros também”, revela o prefeito, Luiz Carlos Busato.

Diante de uma plateia lotada, participantes de entidades vinculadas ao Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Comdip) se apresentaram em números musicais e de dança, como o Grupo Piquelanos, da Associação Canoense de Deficientes Físicos (Acadef), que embalou a tarde com canções autorais sobre acessibilidade. “A proposta é usar a música para tirar o melhor de cada um dentro de suas dificuldades”, afirma o professor Pedro Guisso, que traz da experiência com cinco irmãos surdos a inspiração para fazer esse trabalho.

Além da Acadef e das turmas da EMEF Guajuviras, estiveram presentes alunos e representantes da Associação dos Deficientes Visuais de Canoas (Adevic), da Organização Não-Governamental Chimarrão da Amizade, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), do Centro de Estudos da Atividade Motora Adaptada (Ceama), da Associação Pestalozzi Canoas, da Escola Estadual Especial Brigadeiro Ney Gomes da Silva e da Associação Legato. “O trabalho das entidades é de extrema importância porque elas reabilitam, capacitam e incluem pessoas com deficiência por meio do emprego, da Cultura, do Esporte e da Educação”, lembra o diretor da Pessoa com Deficiência, Jair Silveira.

Atitudes que incluem

Com o tema “Todos Pela Inclusão: Construindo o Protagonismo”, a programação inclui debates que fortalecem o papel da pessoa com deficiência na sociedade, além de promover momentos inclusivos. “No Brasil temos a melhor legislação voltada à pessoa com deficiência, mas a população em geral não respeita essas leis. Por isso, o nosso maior obstáculo ainda é o comportamento de quem não vive a nossa realidade”, destaca Silveira.

Mesmo após anos de discussão, as chamadas “barreiras atitudinais” ainda são os maiores empecilhos para que pessoas com deficiência sejam respeitadas como integrantes da sociedade. “Não adianta ter uma calçada acessível se os motoristas estacionam os veículos em cima delas. Da mesma forma, não basta ter uma escola com uma estrutura física preparada, mas não ter metodologia de ensino para pessoas com deficiência. Felizmente, no que se refere à Educação, estamos avançando em Canoas”, argumenta o diretor.

Inclusão social começa na escola

Entre 2017 e 2019, graças a ações como a instalação de Salas de Recursos Multifuncionais em todas as EMEFs houve um aumento dos alunos de inclusão nas escolas municipais foi de mais de 20%, totalizando 2123 estudantes com algum tipo de deficiência nas instituições de Ensino Fundamental. “Ainda temos muito o que conquistar, mas Canoas conta com uma rede que trabalha políticas públicas para todos os tipos de deficiência: visual, auditiva, mental, física, múltipla… Já é um bom caminho para incluir cada vez mais”, comenta Silveira.

Outras ações importantes na área foram a inclusão de Libras no currículo escolar, a inauguração do Ambulatório do Autismo, a capacitação de profissionais da Educação Inclusiva e a formação geral de profissionais de inclusão. Além disso, as salas de aula com alunos de inclusão possuem um monitor para o auxílio das atividades, que podem ser estagiários de psicologia, magistério e pedagogia, ou de técnicos de educação básica (TEB).

Confira o que ainda vem por aí na programação da 22ª Semana da Pessoa com Deficiência de Canoas:

21 a 28 de agosto

Exposição: Diversidade em Foco
Casa dos Rosa, avenida Victor Barreto, nº 2570 – Centro

23 de agosto

9h – Palestra: Desmistificando o Autismo
Escola Estadual Especial Brigadeiro Ney Gomes da Silva
Abertura: teatro João e Maria – Escola Municipal de Ensino Fundamental Bilíngue para Surdos Vitória
EMEF Guajuviras, rua André Luis dos Anjos da Conceição
Setor 2, nº 577 – Bairro Guajuviras

14h – Espetáculo de Palhaçaria “Pode virar amor”
Associação Legato, rua Bagé, nº 1211 – bairro Niterói

24 de agosto

9h às 16h – IV PARAJAC (modalidade atletismo)
Complexo Esportivo da Ulbra, avenida Farroupilha, nº 8001 – bairro São José

26 de agosto

13h30 – Gincana Inclusiva 
ONG Chimarrão da Amizade
Centro de Esporte e Lazer São Luís, rua Engenheiro Rebolças, nº 1000 – bairro São Luís

27 de agosto

9h – Palestra/Relato: Famílias Inclusivas
Auditório do CEIA (Centro de Capacitação, Educação Inclusiva e Acessibilidade), rua Rio de Janeiro, nº 360 – bairro Mathias Velho

27 de agosto

18h às 21h – Evento alusivo aos 15 anos de criação do COMDIP e Prêmio Destaque COMDIP 2019 (participação mediante convite)
Espaço Multicultural da Unilasalle, avenida Victor Barreto, nº 2288 – Centro

28 de agosto

14h – Cafezinho Poético Inclusivo
SESC Canoas, avenida Guilherme Schell, nº 5340 – Centro

14h às 22h – Seminário Regional sobre a Deficiência Visual “Caminhos da Inclusão”
Alusivo aos 23 anos de fundação do ADEVIC e Dia Municipal do Braille
Salão de Atos e salas da Unilasalle, avenida Victor Barreto, nº 2288 – Centro

29 de agosto

14 às 16h – Diálogos sobre a Importância da Regulamentação da Profissão de Cuidador: saindo da informalidade
ACADEF, rua Fernando Abbot, nº 100 – bairro Nossa Senhora das Graças.

Quer fazer parte do grupo do portal Sou de Canoas no WhatsApp? Chame no WhatsApp: (51) 8419-1295

Curta também nossa página no Facebook, assim você fica sempre atualizado com as últimas notícias de Canoas e toda a região Metropolitana.

Sou de Canoas no Facebook: https://www.facebook.com/soudecanoas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
CanoasCanoas - RS Canoas é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul, pertencente à mesorregião Metropolitana de Porto Alegre e à microrregião de Porto Alegre.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas